Português

Uma boa impressão causa uma boa indicação

Marina Borges / 2 de dezembro de 2015
Imagem do rawpixel.com

Vou explicar uma questão essencial para os profissionais liberais em geral, mas especificamente para gente como nós, tradutores. Vai que o pessoal ainda não percebeu, né? Pessoal é meio desatento, diz aí. Preparados? Lá vai: uma boa impressão causa uma boa indicação. E indicação é absolutamente tudo nesse mercado.

Como bem disse o Rodrigo Noll, indicar é um ato natural do ser humano. Nós fazemos isso há milhares de anos. Todo mundo já indicou ou foi indicado para alguma coisa. Seja um restaurante, uma série da Netflix ou uma vaga de emprego. Se você ainda não tem motivo para realizar o seu trabalho bem, basta pensar que esse cliente que você está atendendo hoje vai, daqui para o resto da vida dele:

  • tomar um chope com o pessoal;
  • a uma consulta no dentista;
  • a uma festa de família;
  • encontrar amigos do colégio;
  • encontrar ex-colegas de faculdade;
  • frequentar a academia

Ou seja: conhecer gente nova o tempo todo. E pode ser que alguma dessas pessoas vá perguntar: “Vem cá, você conhece alguém que faça tradução?”. 

Eita, e agora?

Está aí a lembrança do seu trabalho na cabeça do seu cliente. Será que você respondeu o e-mail dele rápido? Sem erro de português? Fez uma revisão detalhada? Teve cuidado com o corretor ortográfico? Facilitou a negociação do seu preço? Foi gentil e cortês? 

Tome por você mesmo: quando você precisa de algum tipo de serviço não pede indicação de amigos ou familiares? Não sente uma confiança maior? Pois então. Igualzinho. Isso é marketing, meu amor. Sabe qual a diferença? O nosso mercado.

Como anda o nosso mercado de tradução?

Nosso mercado ainda é bem amador, vai. As pessoas basicamente acham que a gente copia e cola do Google, elas nem entendem bem com o que a gente trabalha exatamente, vamos ser francos. Quando elas sabem que nós existimos, para começo de conversa.

Uma indicação, portanto, é uma garantia praticamente certa de novo trabalho. É um aval da qualidade da sua tradução, um reconhecimento que gera frutos. E é nesse marketing boca a boca eficiente que você se estabelece no mercado. Que torna o mercado mais profissional, em consequência, mais visível. Mas a melhor parte é que todo mundo sai ganhando: você, seus colegas, seus clientes.

Tudo isso se você tiver feito o dever de casa, naturalmente. Se não, lá se vai sua reputação. E uma boa reputação é o que a gente quer para ganhar indicações, pessoal. Ano que vem os gringos estão chegando aí, mas os clientes locais também sempre precisam descobrir onde esses maravilhosos tradutores estão escondidos. Faça a sua parte. Trabalhe bem (cause uma boa impressão) para trabalhar sempre (receba uma boa indicação).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Protected with IP Blacklist CloudIP Blacklist Cloud