Português

Blogando

Marina Borges / 3 de agosto de 2014

procrastinator

Blog, por que tê-lo?
Mas se não tê-lo,
Como sabê-lo?

Quando pensei em ter um blog profissional sobre o ofício que escolhi, não me faltavam ideias de posts para toda semana; claro que sempre terei assunto; será tudo sensacional.

Na verdade a vida caótica que ando levando não me permite parar para dar maior atenção a esse espaço que tenho para filosofar e compartilhar experiências, mas sempre que possível me lembro de dar uma passada. O problema é a autocensura, pensar no que posso e/ou devo publicar.

As experiências de posts traduzidos me pareceu interessante ultimamente, mas agora que o site irá contar com uma seção de portfólio (aguardem novidades!), essa opção cai por terra. Considero sempre compartilhar aprendizados que obtive em cursos, mas aí penso “bom, o instrutor não iria gostar de me ver espalhando por aí esse tipo de informação”. Poderia também compartilhar alguma informação cultural sobre meus idiomas de trabalho que tenha aprendido recentemente – pois língua também é cultura – mas sinceramente, fico meio perdida no escuro.

Isto posto, pretendo a partir de agora fazer uma salada mista: considerar todos os tipos de posts possíveis, sem confabular muito a respeito. Talvez as ideias fluam de maneira melhor – sabe-se lá.

Portanto, nesse domingo preguiçoso, recomendo aos meus parcos leitores o lindo documentário de nome “Língua – Vidas em Português”, que assisti em 2005 como pagamento do trabalho voluntário que realizei no Festival Internacional de Cinema de Brasília e que me marcou muito desde então. Achei completinho no YouTube, aproveitem:

http://youtu.be/sTVgNi8FFFM

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Protected with IP Blacklist CloudIP Blacklist Cloud