Já sou tradutor, Português, Quero ser tradutor

Como administrar melhor seu tempo?

Marina Borges / 12 de janeiro de 2021
relogios hora mundial
relogios hora mundial

Começou a vida freelancer agora? Está em esquema de home office do seu trabalho padrão mas foi afetado(a) pela pandemia e não está conseguindo administrar bem seu tempo? Nenhum dos dois casos? Calma, tá todo mundo meio confuso, mesmo. Mas vamos tentar oferecer algumas soluções sobre como administrar melhor seu tempo.

Organização é o segredo do sucesso

Acho sempre divertido analisar como cada cabeça funciona de um jeito. Um artista plástico, por exemplo, deve ter uns pensamentos muito mais coloridos que os meus. Um músico, uma cabeça bem mais melodiosa. Mas na minha sempre toca uma rádio mental, sabe?

Pessoalmente, gosto de escrever listas. No papel, mesmo, me parece mais palpável. Amo listar, listar e listar só para depois dar o tique de “esta tarefa foi concluída”. Se bem que em apps também vem funcionando para mim. Atualmente uso o To-doist e o Rabit. Já usei o Evernote também.

No meu caso, administro minha vida pessoal, minha empresa e minha casa. Então tenho, entre outras coisas, que lidar com clientes, ir a consultas médicas, fazer exercícios, cozinhar, lavar roupa, limpar a casa. Porém, gosto muito também de ver seriados, passear com minha cachorra e ler livros – essas coisas que temos a mania de considerar tarefas mais secundárias.

Limpar a casa nesse tempo de pandemia sem poder ter faxineira virou um trabalho extra para mim. Sabe como faço? Em vez de definir, sei lá, terça-feira como o dia de varrer a casa, eu varro segunda a sala, quarta o quarto e sexta a cozinha. Sim, ando fragmentando minhas tarefas. Em todos os aspectos.

O que eu quero dizer com tudo isso?

Algo que me ajudou bastante para me organizar melhor foi evitar tentar fazer a tarefa inteira de uma vez e dividi-la em partes. Tem um prazo de um documento para dois dias e outro para daqui a quinze? O de dois não está rendendo, é chato? Faz um pouquinho do de prazo mais longo para arejar a cabeça, mudar de ares. Não parece, mas ajuda.

Trata-se basicamente estar ciente da sua lista de afazeres e conseguir administrar, de forma menos cansativa, tudo que é necessário. As tarefas secundárias, principalmente. Vamos usar de exemplo esse blog? Estou atualizando os posts antigos para melhorar o conteúdo SEO deles. Faltam uns 20 posts, acho. É uma tarefa para ontem? Não. Se eu fizer uns cinco por mês até o fim do ano concluo? Sim. Tarefa pronta a longo prazo, sem estresse nem pressa.

Rabit

O Rabit que mencionei ali em cima é um aplicativo fofinho que comecei a usar há pouco mais de uma semana. O que me agradou foi o visual e o conteúdo. Além das tarefas padrão de qualquer ser humano, ele divide os afazeres em categorias que temos o hábito de desprezar, como: “corpo e mente saudáveis”, “foco, força e fé”, “boa noite” e “ficando em forma”.

Como todo app de organização, você pode editar suas tarefas diárias, mas algumas das que o aplicativo propõe são: “tire um tempo para si”, “respiração profunda”, “dormir antes das 23h”, “exercitar a criatividade”. Achei esse aspecto muito interessante, é ele te incentivando a não pensar só em trabalho e casa, mas também se preocupar com suas necessidades de lazer e cuidado pessoal.

To-doist

Já o To-doist estou usando numa pegada “colocar os pensamentos em ordem”. Consumismo, principalmente. Não sei você, mas eu sigo muitas lojas no Instagram e fico só alimentando minha lista de desejos lá e na Amazon. As categorias variam entre consumismo puro, coisas que preciso e necessidades não tão urgentes.

Listo tudo lá para poder visualizar perfeitamente o que vale a pena comprar ou não. Assim, a fatura do cartão de crédito mês que vem não vai vir naquele exagero, sabe? E te ajuda a ver se seus hábitos de consumo estão saudáveis ou não.

O To-doist também te permite criar projetos, usar tags, definir horários – algumas ferramentas adicionais ao Rabit. É lá também onde eu deixei minha lista de mercado para ir ticando e administrando a despensa e onde eu coloco leituras desejadas e os filmes/séries que meus amigos recomendam.

“Ah, Marina, você é uma hippie, quem tem tempo para isso”?

Queridos leitores, achem tempo. Sigam o conselho dessa senhora de 38 anos que está fazendo fisioterapia para o ombro três vezes por semana por conta de estresse. Dopamina, serotonina, endorfina e ocitocina, os hormônios do prazer, são o segredo da felicidade. Simples assim. Administrando seu tempo de maneira eficaz, em doses não cavalares, você vai produzir tudo isso e encontrar mais equilíbrio no seu dia a dia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Protected with IP Blacklist CloudIP Blacklist Cloud