Português

YouTube é seu amigo

Marina Borges / 16 de fevereiro de 2019
Imagem lá do rawpixel.com

Já disse aqui que uma maneira legal de encher currículo, ver e ser visto, colocar a cara no sol no mercado da tradução, é traduzir voluntariamente. Mencionei a Wikipedia, o Tradutores sem fronteiras, o Coursera, mas depois me dei conta que existe uma plataforma bem mais popular.

É aí que nosso amigo YouTube vem a calhar. Nós tradutores estamos vacilando. O YouTube é um mundo, gente, um mundo super populoso e extremamente acessível. Vamos oferecer traduções para esses caras. Todo mundo quer like, quer comentário, vamos fazê-los alcançar um público maior, vamos legendar esses vídeos aí!

Mas como vou convencê-los, Marina?

Ora, monte um portfólio. Legende vídeos do YouTube voluntariamente para mostrar como você domina a arte da legendagem. Todo vídeo no YouTube tem uma opção chamada “Adicionar traduções” naqueles três pontinhos à direita, embaixo do vídeo. Clicando ali você cai no “Estúdio de Criação” do YouTube, que tem toda a estrutura para você legendar o vídeo, já com a minutagem definida. E ainda recebe o crédito, pelo seu username. Sim, existe essa opção, olha que maravilha.

Ok, não são todos os vídeos que disponibilizam essa opção, eu sei, mas trata-se somente de vasculhar alguns com conteúdo bacana para mais tarde você mencionar no seu CV ou colocar no seu Linkedin. Logo no começo do seu perfil, há uma opção “Adicionar mídia”, coloca lá um vídeo que você legendou, oras. Todo mundo vai conseguir ver.

Vamos a algumas sugestões de canais, então:

O Linus Tech Tips, por exemplo, com mais de 8 milhões de inscritos, aceita contribuições. Conteúdo técnico de informática e computadores, mas com um vocabulário relativamente informal.

O AsapScience também tem alguns vídeos disponíveis, com vídeos bem bacanas sobre ciência.

Esse fórum do Reddit aqui tem dezenas de sugestões de canais que podem ter vídeos não traduzidos, também, como disse, tem que fuçar.

Esse post, aliás, é para todos os tradutores que dominam a técnica da legendagem, tá? Nada de me traduzir vídeos por aí com linhas de 90 caracteres, por exemplo. Legendagem não é só conteúdo, é técnica. Traduza vídeos voluntariamente após dominar pelo menos o básico de timing, número de caracteres, conteúdo. Traduzir de qualquer jeito não precisa, já tem gente demais fazendo isso.

Entrar em contato com o administrador do canal para vender o seu peixe também é uma sugestão, vai que de fã você vira prestador de serviços? É possível carregar legendas .srt no YouTube também, então você vai poder continuar usado seus programas de legendagem queridos, não se preocupe.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Protected with IP Blacklist CloudIP Blacklist Cloud