Português

Soube da última?

Marina Borges / 6 de março de 2013

Quando alguém importante como Hugo Chavez falece, é obrigação de qualquer intérprete correr para o YouTube e pesquisar:

– como pronunciam o nome dele em inglês;
– como traduziram uma possível frase chavão do discurso do anúncio (que vai virar manchete);
– como a Casa Branca reagiu.

E o mesmo para outra língua de trabalho.

Eu, particularmente, gosto muito do canal da Associated Press. Os vídeos são curtinhos e bastante informativos. Tá na minha lista de inscrições, junto com AlJAzeeraEnglish e RussiaToday. Esses dois canais, a princípio assinei para ter uma perspectiva mais “estrangeira” dos fatos, mas aprendo bastante com o inglês de qualidade que ambos apresentam. Canais de notícias globalizados tem que fazer por onde…

Para treinamento de sotaques e expressões inglesas de fato, recomendo o The New York Times, o The Guardian e o GuardianEdimburgh, que não é atualizado a miúde, mas apresenta o sotaque mais embolado para mim. Isso porque ainda não me aventurei em canais indianos ou australianos, é claro; mas às vezes os canais de notícias entrevistam uns estrangeiros que me fazem voltar toda hora para começar a entender o que ele quis dizer. Vide esse coreano.

Não podemos relevar os canais em português, é claro. Não é porque esta é minha língua nativa que devo ignorar canais de notícias tão atuantes como a Folha e o Estadão. Os cariocas que me perdoem, mas em questão de canais do YouTube, os paulistas são muito mais atuantes (gosto, em especial, do Folhacóptero).

Recomendo inscrever-se, através do seu perfil do YouTube, nos canais de sua preferência e tirar nem que seja meia hora do seu dia para escutar as notícias. Funciona melhor para mim do que podcasts, mas depois dedico um post a eles. Não entre na neura de querer ver absolutamente todos os vídeos; ultimamente eu só vejo o que me interessa ou o que é notícia bastante pertinente. Sempre vai haver um sequestro ou um temporal por aí, então esse tipo de vocabulário é recorrente. Saber o nome do palácio residência do presidente da Venezuela, por exemplo, é o que interessa nesse momento (Miraflores, por sinal).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Protected with IP Blacklist CloudIP Blacklist Cloud